Os smartwatches estão cada vez mais inteligentes com funcionalidades que ajudam a melhorar o controle da forma física. A Huawei acaba de lançar uma nova funcionalidade de monitorização dos níveis de saturação de oxigénio no sangue (SpO2) que está disponível nos mais recentes modelos da linha Watch G2 da Huawei, o Huawei Watch GT 2e e o Watch GT2 42mm, com uma atualização automática.

Como explica em comunicado a fabricante chinesa, o nível de Sp02 é um indicador fisiológico que deve ser controlado. Estes valores podem, por exemplo, ajudar a definir de uma forma mais fácil os momentos ideais para que seja feita uma pausa no exercício.

Para aceder a esta funcionalidade, tem de escolher a função no ecrã do smartwatch e o teste começa de forma automática. Durante esse processo deverá permanecer estático e o resultado surge então no equipamento.

Medição do SpO2 através do Huawei Watch GT 2e e Watch GT2 42 mm?

A Huawei esclarece, desde logo, que o recurso "não foi projetado para ser um dispositivo médico e não se destina a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença". "Todos os dados e medições devem ser usados apenas para referência pessoal", explica.

Smartwatches para monitorização de níveis de saúde: o que precisamos de saber?
Smartwatches para monitorização de níveis de saúde: o que precisamos de saber?
Ver artigo

De recordar que uma das apostas da versão 5 do Apple Watch foi a app ECG, que a empresa garante conseguir "registar o ritmo e os batimentos cardíacos através do sensor de ritmo cardíaco elétrico no Apple Watch Series 4 ou posterior e analisar os registos de fibrilhação auricular". Depois da empresa da maçã foram várias as marcas que seguiram o exemplo, como a ASUS, com o VivoWatch SP, que vem equipado com uma série de sensores para garantir a monitorização do estado de saúde, sono e atividade desportiva dos utilizadores. O relógio pode medir os sinais vitais, com ECG e PPG, mas também os níveis de stress e de oxigénio no sangue.

Numa altura em que se sabe que a distribuição de wearables bateu recordes em 2019, o SAPO TeK conversou com vários especialistas para tentar perceber de que forma os smartwatches podem ajudar a monitorizar os níveis de saúde. A garantia dada foi que estas tecnologias podem ser benéficas para a saúde, mas também há riscos e desafios que precisam de ser ultrapassados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.