Um investigador de segurança do site KrebsOnSecurity descobriu que o iPhone 11 Pro recolhe dados de localização mesmo quando o utilizador o impede de fazer. Esta semana a Apple respondeu ao próprio Brian Krebs, garantindo que se trata de um "comportamento esperado".

Quando identificou o problema, Brian Krebs enviou um vídeo à Apple, ainda em Novembro, onde explicava a situação. Apesar de a desativação geral dos serviços de localização funcionar, se aceder a Configurações> Privacidade> Serviços de localização e desativar individualmente todas as aplicações o iPhone 11 Pro vai continuar a recolher dados de localização.

Bug no Facebook ativa câmara do iPhone. Como proteger a sua privacidade?
Bug no Facebook ativa câmara do iPhone. Como proteger a sua privacidade?
Ver artigo

Esta semana a Apple respondeu que "determinados serviços" continuam a recolher dados de localização, mesmo quando o utilizador seleciona a opção "nunca" para todos os serviços e aplicações individuais do sistema. Mas a empresa da maçã não se mostra preocupada com esta situação e garante que o iPhone está a funcionar como planeado.

Como é habitual, o novo modelo da Apple, o iPhone 11 Pro, foi apresentado em setembro, juntamente com o iPhone 11. O primeiro iPhone Pro da Apple vem em dois tamanhos, com 5,8 e 6,5 polegadas em modo de Super Retina display, com true tone e 1.200 nits de luminosidade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.