Vários utilizadores do Facebook para iPhone descobriram uma “funcionalidade” indesejada na rede social e partilharam no Twitter a sua preocupação. A aplicação estaria a usar a câmara traseira em segundo plano enquanto estes navegavam pelos seus feeds de notícias.

O bug fez levantar as suspeitas de que a gigante tecnológica estaria a utilizar as informações dos utilizadores sem o seu consentimento. O estranho comportamento da aplicação foi reportado pela primeira vez a 2 de novembro. O utilizador em questão notou que, ao escolher a opção “modo paisagem” para ver um vídeo no Facebook, a câmara era ativada.

Durante os dias que se seguiram, outros utilizadores descobriram uma versão diferente do bug. Ao abrir uma imagem na aplicação do Facebook seria possível notar que a câmara estava ser executada em segundo plano.

O bug parece apenas afetar utilizadores cujos iPhones têm a mais recente atualização do sistema operativo (iOS 13.2.2.), assim como aos que deram permissão à aplicação para aceder à câmara e ao microfone.

Guy Rosen, vice-presidente do departamento de integridade da rede social, indicou, no seu Twitter, que a empresa descobriu que a versão 244 da aplicação “abria incorretamente em modo horizontal”. “Ao corrigir o erro para a versão 246, lançada a 8 de novembro, introduzimos inadvertidamente um bug que fez com que a câmara surgisse quando os utilizadores abriam imagens no seu feed de notícias”, afirma o responsável.

Tal como afirma Guy Rosen, a empresa já reportou a situação à Apple, sendo que ainda não existem casos de fotos ou vídeos que tenham sido transferidos online devido ao bug. O responsável indica também que o Facebook já enviou para a App Store uma versão corrigida da aplicação.

Caso queira tentar salvaguardar a sua privacidade e evitar o acesso do Facebook à sua câmara, pode desactivá-lo na opção "Privacidade" nas definições da aplicação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.