Na mesma altura em que apresentou um novo serviço de fitness, a Apple também revelou novos recursos para o Apple Watch. As funcionalidades passaram a estar disponíveis desde esta segunda-feira, 14 de dezembro, com o smartwatch da empresa da maçã a garantir uma “imagem mais completa da condição física geral" dos utilizadores, mesmo daqueles menos ativos.

Disponível a partir do iOS 14.3 e watchOS 7.2, a atualização permite estimar valores de aptidão cardiorrespiratória de utilizadores menos ativos. Antes do update, o Apple Watch media o volume de oxigénio (VO2) máximo no sangue, ou seja, a quantidade máxima de oxigénio que o corpo pode usar durante o exercício, mas apenas em níveis médios e superiores. Os valores eram medidos durante as caminhadas, corridas ou outras modalidades.

Agora, o smartwatch passa a estimar também níveis mais baixos de aptidão e, para isso, recorre a vários sensores, como o GPS e o acelerómetro. Esta atualização é significativa uma vez que a "medição direta do VO2 máximo requer, por norma, um teste clínico rigoroso com equipamento especializado, que não é facilmente acessível para a maioria das pessoas”, explica a Apple em comunicado.

Atualização do Apple Watch | Dezembro de 2020

O Apple Watch passa ainda a monitorizar esses níveis enquanto os utilizadores caminham ao longo do dia, estejam ou não a monitorizar o treino. Desta forma, o wearable está mais capacitado para medir os valores de VO2 máximos de utilizadores com baixos níveis de aptidão, que podem não concluir exercícios de alta intensidade. Nestes casos, o Apple Watch emite notificações a informar isso mesmo.

“Recorrendo aos seus sensores avançados, o Apple Watch passa a trazer estimativas de baixos níveis de aptidão cardiorrespiratória diretamente para o pulso do utilizador”, explica o diretor de operações da Apple Jeff Williams. Desta forma, garante, as pessoas podem ter mais informações sobre como podem melhorar a sua saúde a longo prazo através de atividades do dia a dia.

Em setembro a Apple revelou o Apple Watch Series 6 e um Apple Watch SE

O lançamento dos recursos do Apple Watch surge na mesma altura em que a Apple passou a disponibilizar em vários mercados selecionados o Fitness+. O serviço permite registar todas as métricas durante os exercícios e conta com um catálogo de vídeos com treinadores, sincronizados com o Apple Watch. Sempre que o treinador pede uma métrica, estes são mostrados no ecrã, sejam as calorias queimadas, o ritmo cardíaco, entre outras.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.