A Google disponibilizou o serviço de sugestões Now para iOS, reforçando o ecossistema de ferramentas no sistema operativo móvel da Apple. As diferenças da aplicação para iOS relativamente à que já existe para Android são mínimas e provam a capacidade da Google em adaptar-se a diferentes ambientes de trabalho.

O Google Now vai ficar disponível através da atualização da aplicação Google Search. Para aceder aos cartões sugestivos basta iniciar a aplicação e deslizar os cartões de baixo para cima no ecrã do equipamento.

Será interessante ver como evolui a aplicação no número de downloads e nas críticas dos utilizadores considerando que o Now também funciona como um assistente pessoal. Haverá espaço para o Now e para o Siri no mesmo dispositivo?

A aplicação só funciona no iOS 5 ou superior, tornando o Google Now um serviço utilizável no iPhone 3GS por exemplo. Em contrapartida, e por causa da política de atualizações do Android, o serviço de sugestões só está disponível de forma oficial para o Android 4.1 ou superior, o que deixa milhões de dispositivos sem o Now.

Se aos poucos a marca da maçã tem tentado expulsar a Google do iOS - ao remover o Youtube e o Google Maps das aplicações pré-instaladas no sistema operativo -, e existem rumores de que a Yahoo! está em negociações com a Apple para ser o motor de busca padrão no iPhone, no iPad e no iPod Touch, a empresa responsável pelo Android tem criado um vasto leque de serviços como o Google+ e o Google Now para manter-se "dentro" da rival Apple.

Depois do iOS o próximo passo do Google Now pode estar na integração com o Google Chrome o que disponibilizaria o assistente também em ambiente desktop, numa iniciativa multiplataforma da Google.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.