A Bloomberg afirma que a Apple prevê lançar em 2020 o seu hardware de realidade aumentada, o que corrobora com as previsões de Ming-Chi Kuo. A agência noticiosa acredita que o aparelho vai, de alguma maneira, sincronizar-se com o iPhone para obter conteúdos, como mapas ou jogos. O site escreve ainda que a Apple está a trabalhar numa loja de apps para o seu headset.

Apesar de ambas as fontes confirmarem o rumor, e de serem as duas altamente credíveis, nada disto significa que poderá utilizar o headset de AR da Apple já a partir do ano que vem. É sabido que a tecnológica tem contratado para reforçar uma equipa alocada a projetos do género, mas o lançamento pode estar dependente da criação de conteúdos que tornem o aparelho num gadget apetecível, face à oferta existente.

Outro factor que pode condicionar o seu lançamento é a existência de um iPhone suficientemente capaz de suportar as exigências de processamento de um headset, caso ambos os equipamentos funcionem emparelhados. A Bloomberg escreve que, em 2020, a Apple vai lançar um smartphone com suporte para 5G, um CPU mais robusto e câmaras traseiras com sensores de profundidade, pelo que ambos os lançamentos poderão até acontecer em simultâneo.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.