São vários os artigos que dão conta da chegada do iOS 7, de como as mais de 200 funcionalidades novas vão transformar os iPhone e iPad, e até de como instalar a nova versão do sistema operativo móvel da Apple. Mas os leitores que vão migrar devem ler os seguintes conselhos antes de instalarem o upgrade assim que ele ficar disponível.

Sem querer criar alarmismos e desconfiar da capacidade da Apple de entregar o melhor produto possível, existem considerações que devem ser feitas para evitar desgostos no futuro.

Se não instalar de imediato o iOS 7 tem tempo para acompanhar a receção que os outros utilizadores estão a fazer do sistema operativo. As falhas e os bugs que podem aparecer nas primeiras versões e que podem causar problemas sérios - como esgotamento severo da bateria -, podem ser evitados se o sistema operativo só for instalado daqui a uns dias. A Apple é por norma rápida a resolver este tipo de bugs.

Depois há a questão do hardware e do software. O iOS 7 foi desenhado a pensar nos dispositivos mais recentes. O modelo anterior, o iPhone 5, não deve ter problemas em lidar com o sistema operativo já que partilha as mesmas especificações que o iPhone 5c.

[caption]iOS 7[/caption]

Já outros modelos, como o iPhone 4 e o iPad 2 - os dispositivos "mínimos" para receber o novo iOS - podem vir a ter problemas de desempenho com o novo sistema operativo. No caso dos iPod Touch só o de quinta geração é que vai receber o iOS 7. O TeK quer com isto dizer que em determinadas tarefas o dispositivo pode-se tornar mais lento do que era habitual com outra versão do iOS. O bom funcionamento do equipamento nunca está em causa.

As versões mais antigas, como o iPhone 4, 4S e iPad de terceira geração, mesmo com o iOS 7, não vão ter direito a filtros na aplicação de câmara e não vão conseguir utilizador o AirDrop. No caso do iPhone 4 nem as fotografias panorâmicas nem o assistente Siri vão estar disponíveis. O mesmo vale para o iPad 2.

Depois aparece um terceiro problema. Caso o iOS 7 traga erros e traga lentidão ao seu telemóvel, se o instalar não poderá regressar a versões anteriores. Ou para o fazer terá que perder o direito à garantia pois é necessário recorrer a aplicações não oficiais. Por isso, pense e analise bem se o novo iOS 7 traz vantagens para si e deixe que outros utilizadores - como a imprensa especializada - testem primeiro o software da Apple.

[caption]iOS 7[/caption]

Os conselhos sugeridos pelo TeK não diferem muito daqueles que são dados pelo ZDNet. Mas a publicação norte-americana ainda acrescenta outros motivos.

O caso de ainda não haver jailbreak disponível - acesso de administrador no telemóvel que permite instalar outros softwares além daqueles que estão disponíveis na App Store - é um deles. Outro é o facto de muitas aplicações poderem não funcionar de imediato já que não são compatíveis ou cujas atualizações para o iOS 7 ainda não foram aprovadas pela tecnológica da maçã.

E para que não haja comentários sobre discriminação, os mesmos conselhos que o TeK dá também são aplicáveis a outros sistemas operativos e dispositivos.

Nota de redação: clarificada a informação de que serviços estão indisponíveis nos diferentes iPhone e iPad. O TeK esclarece também que o iPhone 4, 4S e iPad 2 e 3 não vão suportar "filtros de lente" - que permitem colocar efeitos nas imagens antes de estas serem captadas -, apesar de estes poderem ser aplicados numa fase posterior, informação baseada no que várias publicações escrevem, sendo uma delas a PC Mag.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.