A história propriamente dita da Estação Espacial Internacional, ou ISS na sigla original, remonta a 20 de novembro de 1998, quando começou a sua montagem em órbita. Dois anos depois, em novembro de 2000, chegavam os primeiros habitantes e, desde essa altura, nunca mais ficou sozinha – embora tenha estado sob ameaça disso há pouco tempo…

Nova equipa de astronautas chegou em segurança à Estação Espacial Internacional
Nova equipa de astronautas chegou em segurança à Estação Espacial Internacional
Ver artigo

Neste laboratório no espaço trabalha (e vive) habitualmente uma equipa internacional de seis pessoas, enquanto viajam a uma velocidade de cinco milhas por segundo (cerca de 8km/s), orbitando a Terra a cada 90 minutos. Isto quer dizer que em 24 horas a ISS faz 16 órbitas, “assistindo” a 16 nascer e pôr-do-sol.

A estação espacial viaja uma distância equivalente a ir à Lua e voltar em cerca de um dia. Mas há outras curiosidades para saber sobre o quarto com a melhor vista do mundo sobre o Planeta Azul e arredores.

O espaço de “habitação e trabalho” é comparável a uma casa de seis assoalhadas, com direito a seis “camas”, duas casas de banho, um ginásio e a tal “sala” repleta de janelas para uma vista a 360 graus.

É possível “ligar” seis naves de uma vez à ISS e as viagens desde a Terra dessas naves podem ser feitas em seis horas. Os maiores módulos e outras peças da ISS foram entregues em 42 voos, 37 em naves sob responsabilidade dos EUA e cinco através dos foguetões russos Proton/Soyuz.

Oito milhas de fios (quase 13 km) ligam o sistema elétrico a bordo e mais de 50 computadores controlam todos os sistemas da ISS. O software em órbita monitoriza aproximadamente 350.000 sensores, assegurando a saúde e segurança da tripulação e da própria estação.

A partir da Terra, há mais de três milhões de linhas de código a suportarem acima de um milhão e meio de linhas de código de software de voo...

Pela ISS passaram, até à data, mais de 200 astronautas e cosmonautas de mais de 100 nacionalidades. Anne McClain da NASA, David Saint-Jacques da Agência Espacial Canadiana e Oleg Kononenko da Roscosmos, da Expedição 58, são os seus habitantes mais recentes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.