O retrogaming não é uma tendência nova, mas esta semana, depois de a Sony ter anunciado que vai reeditar a PlayStation 1 numa versão mais compacta, as consolas vintage voltaram a ser tema do dia.

Atualmente, esta parece ser uma estratégia com retorno na indústria. Recorde-se que em 2016, a Nintendo chegou mesmo a esgotar vários stocks com o lançamento da NES Classic Edition, que em apenas dois meses, vendeu mais de 1,5 milhões de unidades. O sucesso seguiu-se com o relançamento da SNES e já várias outras marcas replicaram a tática, levando ao mercado dezenas de consolas que marcaram as décadas de 80 e 90.

De outros tempos, estas consolas trazem os traços estéticos, que são essenciais para manterem a época bem demarcada no equipamento e deixar vivo o sentimento de saudosismo. Intactos permanecem também os jogos que vêm pré-instalados, e que recuperam a integralidade das aventuras que se tornaram populares no final do século passado.

No entanto, apesar de optarem por manter algumas das características destes sistemas, as fabricantes também procedem a mudanças essenciais que deixam o hardware apto a funcionar com as tecnologias da atualidade. Estamos a falar de ligação HDMI, alimentação elétrica via USB, comandos sem fios, outputs de vídeo e resoluções melhoradas, gravação de avanço no jogo em títulos em que isso não existia e outros pormenores.

Se é fã destas consolas ou está interessado em experimentá-las pela primeira vez, siga as sugestões da galeria abaixo, onde estão sete dos melhores sistemas que as fabricantes renovaram recentemente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.