Os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional são brindados com paisagens magnificas do espaço e da Terra. Thomas Pesquet, astronauta da ESA, é um dos fotógrafos mais ativos, demonstrando ter um olho sempre apurado para registar fenómenos fantásticos a partir do “céu”.

Recentemente captou imagens de auroras muito radiantes, referindo-se como as mais intensas de toda a sua missão, nas regiões da América do Norte e Canadá. “Raios fantásticos mais elevados que a nossa órbita, e voámos mesmo para o centro do seu anel, rodeados pelas ondas e pulsações rápidas”, descreve na sua conta de Flickr.

Veja na galeria as imagens da aurora captadas por Thomas Pesquet:

Pelas imagens partilhadas, é possível ver o tamanho do anel de luzes brilhantes da aurora, projetadas em tons esverdeados. Visto do espaço, estas acompanham a curvatura do planeta, o que ajuda a perceber a sua área de iluminação. Mais uma recordação que Thomas Pesquet leva consigo, numa altura em que a sua missão na ISS está a chegar ao fim.

A NASA explica que uma aurora é um fenómeno causado por partículas carregadas de energia, transportadas pelos ventos solares, quando colide com o campo magnético da atmosfera da Terra. Tratam-se de milhares de milhões de partículas individuais que se iluminam quando “explodem” no campo magnético, criando estas ondas de cor e luz.

Veja outras fotos deslumbrantes de auroras boreais:

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.