A realidade aumentada é uma das tendências presentes no Mobile World Congress, com os fabricantes a demonstrarem diferentes soluções de entretenimento para a tecnologia. A utilização de RA nos videojogos não é algo novo, mas o potencial aumenta à medida que os dispositivos se tornam mais poderosos.

Potenciado pelo fenómeno de Pokémon GO, lançado há dois anos, que transformou miúdos e graúdos em caçadores de monstrinhos, chegou a vez dos jogadores mudarem de farda e transformarem-se em caça-fantasmas! Ghostbusters World, em produção no estúdio NextAge, transforma os smartphones nas conhecidas armas dos caçadores para procurar e capturar todas as aberrações.

O jogo foi licenciado diretamente à Sony Pictures Entertainment e pretende oferecer aos seus utilizadores uma experiência fidedigna dos filmes, séries televisivas de animação, videojogos, banda desenhada e até os parques temáticos inspirados no universo. Através do ecrã tátil do dispositivo poderá utilizar o radar para detetar fantasmas nas proximidades (baseadas em localizações geográficas reais), disparar os famosos raios de protões para aprisionar as aberrações e por fim contê-los no recipiente.

Ghostbusters World está a ser demonstrado no MWC a decorrer em Barcelona e faz parte do programa ARCore revelado pela Google. O jogo será lançado ainda este ano nos dispositivos Android e iOS.

O SAPO TEK está a acompanhar de perto todas as novidades do MWC, com notícias sobre as apresentações e a exposição, mas também sobre as empresas portuguesas que estão em Barcelona e que somam uma dúzia de expositores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.