Com o lançamento do Alba e do Oriana, passam a estar em órbita 10 satélites. Os primeiros foram lançados em outubro de 2011 e desde então têm sido feitos lançamentos periódicos.

O sistema Galileo deve estar concluído em 2020, quando a rede de 30 satélites que o vão compor estiver toda em órbita.

Ainda antes disso serão lançados os primeiros serviços de um sistema que quer servir de suporte ao desenvolvimento de novos serviços, que ajudem a Europa a melhorar a capacidade de resposta em situações de emergência, mas também a ser mais competitiva na área dos serviços que requer informação georreferenciada.   

Em comunicado, a comissária europeia para o mercado interno, empreendedorismo, indústria e PME, volta a frisar que o projeto Galileo é uma peça fundamental “no desenvolvimento de uma indústria europeia robusta, capaz de competir num palco global”.

Na galeria pode ver as imagens do lançamento e de toda a preparação que o antecedeu.

     

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.