Muitos de nós já terão, pelo menos, tentado construir em casa uma câmara fotográfica pelos próprios meios. Recorrendo a modelos mais ou menos elaborados e kits próprios para o efeito ou a simples caixas de cartão isoladas da luz com um furo que se tapa e destapa para criar imagens. Mas depois há sempre quem esteja disposto a ir mais longe.

Será esse o caso do norueguês Carl-Frederic Salicath, um fotógrafo freelancer que explica no seu blog (em inglês) como construiu uma câmara de médio formato integrando duas lentes gémeas num corpo construído com peças de lego.

[caption]créditos: Carl-Frederic Salicath[/caption]

A inspiração terá sido encontrada na Yashica 635 e noutros modelos clássicos de câmaras reflex de lentes gémeas (TLR), que procurou reproduzir criando um protótipo totalmente funcional, onde as imagens ficam gravadas num rolo de 120 mm.

Para isso, foi necessário criar um sistema que permitisse rodar o rolo à medida que as imagens são captadas, um disparador e uma forma de controlar a abertura e o tempo de exposição.

Na criação do modelo a que chamou Legoflex, Carl-Frederic Salicath recorreu às lentes de um velho par de binóculos, construído depois o corpo em redor com peças de lego, como ilustram as imagens partilhadas online, que reproduzimos abaixo.

[caption]créditos: Carl-Frederic Salicath[/caption]

[caption]créditos: Carl-Frederic Salicath[/caption]

[caption]créditos: Carl-Frederic Salicath[/caption]

[caption]créditos: Carl-Frederic Salicath[/caption]

A provar que a experiência funcionou, está a primeira fotografia captada com a Legoflex:

[caption]créditos: Carl-Frederic Salicath[/caption]

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.