Para muitos, o Lisboa Games Week não seria o mesmo sem a presença dos cosplayers, os quais povoam o evento de gaming com as suas fatiotas inspiradas nas personagens mais famosas do mundo da cultura pop. A edição de 2019 não é uma exceção à regra e aos entusiastas da arte, a organização garantiu uma área com mais de 500 m2 totalmente dedicada ao mundo do cosplay.

O evento apostou em força na tendência crescente do cosplay e preparou tudo para que aficionados, “leigos” e curiosos se podem reunir não só para se divertir, mas também para aprender. Ao longo dos quatro dias, o espaço vai contar com workshops com embaixadores LGW à semelhança de Akbal Cosplay e Super D Rina, os quais vão dar a conhecer ao público as melhores técnicas para tirar fotografias mais profissionais. Já quem tem um grande interesse pela cultura asiática poderá também ficar a conhecer mais sobre a sua presença em Portugal na palestra dinamizada pela ptAnime.

No espaço dedicado à arte do cosplay, o público pode encontrar de tudo um pouco: desde atividades para os Potterheads, os apaixonados pelo mundo mágico de Harry Potter, a várias bancas especializadas em ilustração das personagens icónicas da cultura pop, não esquecendo o universo de Star Wars.

Clique na galeria para ficar a conhecer o que o Espaço Cosplay no Lisboa Games Week tem para oferecer.

"Potterheads", lutas de sabres de luz e muito mais

A Comunidade Mágica de Portugal, em estreia absoluta no Lisboa Games Week, preparou uma banca a pensar nos “Potterheads” que visitam o evento, pois tal como afirma Hélouisa van Wyk, há mesmo “fãs de Harry Potter em todo o lado”. De acordo com a responsável pela organização, a ideia de criar o grupo nasceu há cerca de quatro anos, sendo que este começou por realizar pequenos eventos e rapidamente evoluiu com a criação do Meet do Harry Potter, o qual vai agora na sua 6ª edição. “Este ano arriscamos fazer coisas diferentes e temos recebido bom feedback da comunidade”, indicou ao SAPO TEK.

Os aficionados pelo mundo literário criado por J. K. Rowling podem encontrar no espaço pequenas exposições de taças e troféus, criaturas mágicas, poções e plantas misteriosas  e até uma loja com merchandise. Para adoçar a boca dos visitantes, Maisie Carter recomenda não só as gomas, as varinhas de chocolate, mas também a Butterbeer. De acordo com a cosplayer que tem vindo a ganhar fama no Reino Unido pelas suas interpretações de Ang, de Avatar, e do Ancient One, de Doctor Strange, alguém que já trabalhou nos filmes de Harry Potter afirmou que o “elixir mágico” ali vendido é “exatamente igual” ao original.

Já quem se considera um “connoisseur” da saga Star Wars pode encontrar no espaço da Silverblade Academy algo para si. Segundo Daniel Roberto, a associação é a primeira academia portuguesa de luta de sabre de luz, na qual se pode aprender os diversos modos de combate e onde os iniciados participam num programa de Padawans para mais tarde se tornarem Knights.

“Dentro da Silverblade, para além da parte da associação recriativa, nós temos o nosso próprio lore. Cada pessoa aqui tem uma personagem própria: há uns que são Jedi, outros Sith e ainda alguns que são criminosos de guerra”, elucidou o presidente da associação ao SAPO TEK. “Eu sou mandaloriano, fui treinado por Jedi e por Sith, mas decidi renegar os dois, porque o meu objetivo é ocupar o meu lugar como o «próximo no trono»”, acrescentou.

Para além de merchandise da Silverblade, é também possível encontrar na sua banca “Nerfs” que foram desmontadas e pintadas de maneira alusiva e alguns jogos à semelhança do “Edge of the Galaxy” e até o mítico Sabacc, “o jogo no qual o Han Solo conseguiu ganhar o Millenium Falcon”, indicou Daniel Roberto.

Os fãs do Steampunk têm também um lugar dedicado à sua comunidade, o qual conta com a organização da Liga de Steampunk de Lisboa, a qual esteve já presente em três edições do evento, tal como indicou Rui Barradas ao SAPO TEK. Para além de uma miríade de acessórios, entre os quais os mais cobiçados são os “goggles”, as cartolas e os relógios de bolso, é possível encontrar aqui livros e jogos temáticos e até um espaço onde os aficionados do estilo podem fazer as suas próprias sessões fotográficas, com direito a vestimentas a rigor.

Para ajudar os cosplayers que querem montar um portefólio mais profissional, o fotógrafo Nuno Gomes, o qual conta com uma experiência de cerca de 9 anos na área, montou um autêntico estúdio fotográfico no recinto, com todas as luzes e apetrechos necessários. Mesmo no primeiro dia, o espaço contou já com muita adesão e Nuno já fotografou vários cosplayers: desde personagens de videojogos a figuras da cultura pop.

Mas isto não é tudo o que o espaço tem preparado para os seus participantes. O Lisboa Games Week vai ser o palco da eliminatória portuguesa do International Cosplay League e do LGW Cosplay Contest, onde os quem apresentar a caracterização mais fiel ao seu personagem favorito poderá habilitar-se a ganhar 100 euros em prémios. Em destaque estão também os Meet & Greets com figuras internacionais do universo do cosplay como Leon Chiro, Lily On The Moon, Han Jones e ainda Elizabeth Rage.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.