A norte-americana Space Perspective propõe-se levar pessoas ao espaço num balão de ar quente de alta tecnologia, com uma cápsula pressurizada suspensa por um dirigível de grandes dimensões.

O “transporte” leva o nome de Neptune e será capaz de atingir a estratosfera, ficando a 30,6 km de altitude da Terra. Além do piloto, a bordo poderão seguir oito passageiros, que terão de desembolsar “apenas” 125 mil dólares (cerca de 105 mil euros) para poderem usufruir de uma viagem espacial  de seis horas e meia, com vista panorâmica de 360 graus.

Com uma dimensão semelhante à de um estádio de futebol americano, a cápsula pressurizada da nave espacial Neptune está ligada a um balão de hidrogénio concebido para a fazer subir progressivamente até aos céus.

De acordo com a Space Perspective, a Neptune demora cerca de duas horas a ascender a uma altitude prevista. Depois de duas horas a pairar na estratosfera, a nave espacial começa a sua descida em direção à Terra – ou mais precisamente ao mar, onde os passageiros passam depois para um navio que os leva para terra.

Até agora tudo tem corrido como planeado e como Jane Poynter, co-fundadora da Space Perspective, detalhou durante a última edição do Web Summit. A empresa tinha previsto iniciar a campanha de voos em 2021, ainda sem a cápsula completamente pressurizada, mas em modelo de dimensão à escala e assim foi, com o voo inaugural a acontecer na semana passada.

Já o primeiro voo de teste com um piloto deverá acontecer em 2023 estando previsto que os voos comerciais comecem no ano a seguir. No Web Summit virtual de Lisboa Jane Poynter também referiu que a venda de bilhetes, a 125 mil dólares cada, arrancava este ano, e foi isso que aconteceu no passado dia 23 de junho.

Há vários cenários possíveis para o futuro do Espaço (e “2001” e “Elysium” estão na lista)
Há vários cenários possíveis para o futuro do Espaço (e “2001” e “Elysium” estão na lista)
Ver artigo

Apesar do valor não “servir” para todas as carteiras, as “entradas” para os três primeiros voos da nave espacial Neptune venderam-se rapidamente. Na verdade, a proposta da Space Perspective é das mais acessíveis, tendo em conta outras futuras alternativas de turismo espacial que estão a ser faladas.

Ao todo, e empresa tem planeados cerca de 500 voos até 2030, por isso, e se não tem muita pressa ainda está a tempo de comprar o seu bilhete. Por enquanto só tem de pagar uma caução de reserva de 1.000 dólares.

“Desde as missões Apollo que sonhamos com a visão do espaço”. Agora está na altura do sonho se transformar em realidade, referiu Jane Poynter durante o Web Summit. A ideia que ficou patente é que não se trata apenas de um voo para o Espaço: o que se está a oferecer é toda uma experiência emocional. “É uma epifania”.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.