A invenção recebeu o nome de Case N e já está a ser "anunciada" na N Store no Japão, mas ainda tem alguns obstáculos a superar antes de se tornar uma opção verdadeiramente útil.

A ideia foi desenvolvida no âmbito da demonstração de acessórios de segurança e numa campanha de marketing para o novo modelo de carrinha da Honda, tirando partido dos conhecimentos de engenharia da marca.

O objetivo é evitar os danos nos telemóveis decorrentes de quedas, que resultam muitas vezes em ecrãs partidos, adicionando um airbag - na verdade seis - que abrem em apenas 0,2 segundos quando é acionado o alerta de queda, verificado através do acelerómetro do equipamento.

Todos os detalhes e o processo de experimentação estão explicados pelo engenheiro responsável pelo desenvolvimento no vídeo que reproduzimos abaixo, mas que vale mais pelas imagens do que pela informação factual e documental, a menos que o leitor seja fluente em japonês.

Em Portugal não existem dados fiáveis sobre acidentes com os smartphones que dão origem a reparação e substituição, mas números de uma seguradora britânica colocam os custos de reparações efectuadas entre 2007 e 2011 nos 1,9 mil milhões de euros só no Reino Unido.

As imagens abaixo detalham alguns dos componentes que integram o Case N e também imagens dos procedimentos e equipamentos usados nos "testes" da Honda.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.