Apesar da data inicial de lançamento do protótipo do camião estar prevista para setembro, Elon Musk compensou a espera na madrugada desta quinta-feiraNa Califórnia, o CEO da Tesla surpreendeu o mundo ao garantir que o novo Semi (nome com que o camião foi batizado) tem uma autonomia de cerca de 800km em condições de autoestrada e com um reboque de 40 toneladas.

Em termos de prestação, este vai ser também o camião mais rápido do mundo, com a capacidade de atingir os 96 km/h em 20 segundos, embora sem carga faça esse mesmo exercício em apenas cinco segundos.

Quanto ao tempo de carga, graças aos novos Megachargers, anunciados no mesmo evento, vai ser possível carregar energia para 640 km em apenas 30 minutos.

É por isso que, para alcançar todos estes valores, o tractor com semi-reboque é mais aerodinâmico que o Bugatti Chiron, segundo Musk, com o camião Semi a ter um coeficiente de resistência aerodinâmica (Cd) de apenas 0,36, quando esse valor nos camiões a gasóleo convencionais oscila, segundo a Tesla, entre 0,65 e 0,70.

Outras particularidades a destacar neste camião são o grande pára-brisas à prova de impactos e o seu habitáculo, uma vez que o condutor segue numa posição bem central, permitindo ter uma visão aperfeiçoada da estrada.

O Semi Truck inclui toda a tecnologia Autopilot da marca, que foi otimizada para as necessidades específicas dos camiões, e prevê- se que chegue ao mercado em 2019.

O coelho da cartola chamada Roadster

E este vai ser um “coelho” bem rápido. Quando se pensava que estavam terminadas as apresentações da estrela da noite, Elon Musk tirou mais um trunfo da manga: um novo Tesla Roadster que vai dos 0 aos 96 km/h em menos de dois segundos. Mais concretamente, em 1,9 segundos.

O desportivo vai alcançar os 160 km/h nuns impressionantes 4,2 segundos e a velocidade máxima dele é cerca de 400 km/h, barreira que pode ser ultrapassada. Elon Musk referiu ainda que estes valores, que fazem deste o desportivo mais rápido do mundo, são para o modelo base.

Apresentado na cor vermelha,  este Roadster é um 2+2  (dois lugares na frente e mais dois na traseira), com um design totalmente aerodinâmico e projetado para uma maior eficiência e conta com com três motores eléctricos, um à frente e dois atrás.

Não é só o seu visual que é um pouco agressivo. O preço base para este modelo de nova geração será de 200 mil dólares, sendo exigido um sinal de cerca de 50 mil dólares para quem quiser fazer já uma reserva.

Mas, se quiser uma das 1.000 unidades de lançamento, denominadas Roadster Founders Series, vai mesmo ter que abrir a carteira até aos... 250 mil dólares.

Está previsto que o carro mais rápido do mundo chegue ao mercado em 2020.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.