Foram precisos vários super-computadores e muitos meses de trabalho para que fosse possível desenvolver uma das mais completas recriações da evolução do Universo. Foram cinco anos de trabalho em que se compilaram 13 mil milhões de anos de evolução cósmica, tudo para ser resumido num vídeo de quatro minutos:





A revista Nature chama-lhe uma simulação hidrodinâmica, mas também chama a atenção para o facto de o vídeo apenas representar a evolução de uma pequena parte do universo: são mais de 41 mil as galáxias que estão representadas, mas estima-se que existam cerca de 170 mil milhões em todo o Universo.



O cubo visível no vídeo tem uma dimensão de 350x350 milhões de anos luz e foi construído por investigadores do MIT e do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.