A Wing está a otimizar a sua rede de serviços de entregas através de drones. A empresa, que é subsidiária da Alphabet, casa-mãe da Google, anunciou recentemente que vai reforçar a sua frota com um novo drone, que permitirá simplificar e agilizar os pedidos de maiores dimensões.

Numa publicação do blog oficial da Wing, Adam Woodworth, CEO da empresa, afirma que à semelhança que outros serviços de transporte, não há uma solução “única” para as entregas através de drones.

É por isso que a empresa desenvolveu uma abordagem baseada na sua “biblioteca” de drones, em que uma equipa trabalha numa variedade de configurações, desenvolvendo-as a partir de componentes centrais que já foram validados.

Clique nas imagens para ver com mais detalhe

Através desta abordagem é possível adaptar mais rapidamente o design dos veículos tendo em conta as necessidades identificadas no mercado, realça Adam Woodworth.

O novo drone tem um design híbrido, afirmando-se como um veículo VTOL (Vertical Take Off & Landing) e é capaz de atingir velocidades até 105 quilómetros por hora e de fazer viagens até 19 quilómetros, em percursos de ida e volta.

Veja o vídeo

Além do design, a grande novidade está na capacidade de carga. De acordo com a Wing, o drone consegue transportar cargas até 2,26 quilogramas, devidamente acondicionadas em caixas próprias de cartão.

Para assegurar a eficácia das operações, a Wing está a adaptar o veículo à infraestrutura e sistemas de automação existentes. A empresa espera dar início às operações com o novo drone dentro dos próximos 12 meses.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.