Os norte-americanos chama-lhe a "Pink Moon", um nome que os astrónomos não adotam por serem termos populares, mas não é por isso que o fenómeno que se pode observar esta noite é menos importante. A Super Lua Cheia deste ano será a de maior dimensão das três previstas para 2020, sendo a melhor ocasião para a observar entre as 19h30 e as 20h, dependendo do local em que se encontre no país.

Como explica o Observatório Astronómico de Lisboa (OAA), a altura mais apropriada para observar esta Super Lua Cheia será no momento do nascimento da Lua, em que ela aparece no horizonte. Em termos práticos, isto significa que deve olhar para o céu pelas 19h32 em Lisboa, no Porto pelas 19h30, Coimbra pelas 19h29, Num Funchal a observação deverá ser pelas 20h03 e Ponta Delgada pelas 19h41.

Super Lua Cheia | 9 de abril 2020
Fonte: Observatório Astronómico de Lisboa

Mas a que se deve a grande dimensão da Lua? De acordo com o OAA, a razão prende-se com o facto de a Lua atingir a distância mínima da Terra poucas horas depois de ocorrer o instante da fase de Lua Cheia. Enquanto o desfasamento entre os dois instantes em março foi de quase 13 horas, neste caso será de apenas 8h28. Para além disso, esta terça-feira a fase do perigeu acontece às 18h08, com o instante da fase da Lua Cheia a ter início às 3h35 desta madrugada. Estima-se que durante este fenómeno a Lua se aproxime a uma distância de 356.906 Km da Terra.

Super Lua Cheia | 9 de abril de 2020
Observatório Astronómico de Lisboa

Numa altura em que o isolamento social é uma realidade para grande parte da população, também poderá assistir à Super Lua Cheia na Internet, com a ajuda do telescópio virtual do Observatório Astronómico Bellatrix, em Itália. O vídeo em direto gravado em Roma vai ser transmitido a partir das 18h30, hora de Lisboa.

Em março, foi entre a noite dos dias 9 e 10 que ocorreu a fase de Lua Cheia. Estima-se que durante este fenómeno a Lua se tenha aproximado a uma distância de 357.121 km da Terra. Recorde algumas das anteriores super luas cheias nesta fotogaleria.

Apesar de no perigeu ser 14% maior e 30% mais brilhante do que quando acontece no apogeu, a Lua, se for observada perto do horizonte esta terça-feira, parecerá ainda maior, com um aumento extra de cerca de 5%. "Este último efeito é apenas uma ilusão ótica e desaparece quando a Lua sobe no céu", explica o OAA.

A Lua Cheia deve-se à ocorrência simultânea da fase de Lua Cheia e da presença da Lua perigeu, ou seja, do ponto da sua órbita em que se encontra mais próxima da Terra.

Mas quem gosta de astronomia pode marcar outra data na agenda: a 7 de maio poderá observar a última Super Lua Cheia de 2020.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.