A agência espacial japonesa vai enviar duas câmaras de alta resolução para Marte. A Japan Aerospace Exploration Agency (JAXA), em parceria com a transmissora NHK, está a desenvolver uma unidade com suporte para a captação de imagens em 4K e uma outra com suporte para 8K. A empresa quer registar o planeta vermelho e as suas luas (Fobos e Deimos) no âmbito de uma das suas próximas missões espaciais que terá o intuito de explorar os satélites naturais marcianos.

A nave que vai transportar estas duas câmaras vai ser lançada em 2024, sendo que a chegada a Marte está prevista para 2025. O regresso à Terra ainda não foi confirmado.

A JAXA espera conseguir fotografar Marte e as suas luas, para depois transmitir parte destes registos para a Terra. Os originais deverão ser armazenados numa cápsula que regressará a "casa" antes das câmaras.

Mars Reconnaissance Orbiter está a sobrevoar Marte há 15 anos. Veja as imagens mais impressionantes
Mars Reconnaissance Orbiter está a sobrevoar Marte há 15 anos. Veja as imagens mais impressionantes
Ver artigo

A missão não só dará à agência espacial japonesa um precioso acervo de imagens altamente detalhadas de Marte, como lhe permitirá recolher amostras de solo de Fobos, o que ajudará a compreender o passado e o presente deste astro.

Para a NHK, estas imagens serão também um grande argumento comercial até porque poucas (ou nenhumas) empresas podem dizer que têm registos 8K de Marte.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.