A SpaceX conseguiu com sucesso lançar para o Espaço um satélite GPS da US Space Force, a agência militar dos Estados Unidos dedicada a assuntos espaciais, a abordo do foguetão Falcon 9. A missão que partiu do Cabo Canaveral, na Flórida, pelas 23h45 de Lisboa, estava em “stand-by” desde o início de outubro devido a problemas técnicos no foguetão da empresa liderada por Elon Musk.

No lançamento, o Falcon 9 estreou um novo primeiro estágio, que foi também recolhido com sucesso após uma aterragem na plataforma Of Course I Still Love You, no Oceano Atlântico. A SpaceX confirmou que a carga da US Space Force já está em órbita e encontra-se agora a caminho do seu destino final.

A primeira tentativa de lançamento da missão GPS III-SV04 teve de ser abortada segundos antes de o Falcon 9 levantar voo. Em questão estava uma anomalia no motor detetada pelo computador do foguetão.

Em declarações à imprensa internacional, representantes da SpaceX explicaram que, após uma investigação, a empresa encontrou resíduos de um produto concebido para proteger as partes mais sensíveis dos motores durante um tratamento contra corrosão que não foram removidos corretamente. O produto acabou por bloquear os orifícios de ventilação das válvulas de dois dos nove motores Merlin do Falcon 9.

Os mesmos resíduos foram encontrados nos motores de outros dois primeiros estágios do Falcon 9, avança o website Space.com. O primeiro seria usado no lançamento do Sentinel-6, o satélite da ESA e da NASA que tem como missão ajudar os cientistas a perceber o impacto das alterações climáticas no nível das águas do mar.

SpaceX: NASA adia primeira missão tripulada do Crew Dragon
SpaceX: NASA adia primeira missão tripulada do Crew Dragon
Ver artigo

Já o segundo motor integrava o lançamento da missão tripulada Crew Dragon, adiada para 14 de novembro. A SpaceX procedeu à troca dos motores afetados pelo problema, e adiou também a missão Sentinel-6 para o dia 21 do mesmo mês.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.