No passado dia 31 de março, um utilizador do Twitter partilhou um vídeo onde se podia ver um dirigível da Amazon a lançar drones de entregas enquanto se deslocava.

Sabe-se agora que o vídeo é falso, tendo sido criado por esse utilizador recorrendo a imagens geradas por computador. No entanto, a ideia não é totalmente fictícia.

Em 2014 a Amazon registou a patente daquilo a que chamou o “Airborne Fullfilment Center” (um centro de distribuição aéreo). Este dirigível armazenaria produtos no espaço aéreo, servindo-se de uma rede de drones para realizar a entrega dos bens aos clientes.

tek dirigivel

A ideia desta tecnologia seria poupar a energia despendida por cada drone, já que desta forma realizariam trajetos mais curtos, voltando rapidamente à nave-mãe.

O serviço de entregas por drones é um objetivo antigo da Amazon. Em 2013, o CEO Jeff Bezos afirmou à CBS que esperava que o projeto estivesse operacional em quatro ou cinco anos. O desejo não se veio a concretizar, mas a Amazon não desistiu da ideia. No site da empresa, mantêm-se todas as informações relativas ao seu futuro serviço Prime Air.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.