Escreve a IGN (via Tom's Hardware) que a AMD prevê uma escassez de processadores até ao segundo semestre deste ano. Os stocks limitados vão afetar a produção de consolas PlayStation 5, Xbox Series X/S e PCs.

Questionada por um dos investidores, a CEO, Lisa Su, esclareceu que a procura excedeu as expectativas da tecnológica. Apesar disso, a empresa deu garantias de estar a trabalhar para que os problemas não se continuem a verificar na segunda metade do ano.

Note que a empresa comunicou esta semana os resultados do último trimestre de 2020, período em que voltou a conquistar mais uma fatia da quota de mercado à Intel. Parte do sucesso deve-se a um aumento da procura que é consequência do período pandémico, dado que as pessoas têm necessitado cada vez mais das tecnologias, seja para efeitos de entretenimento, trabalho ou socialização.

Lenovo tem novos computadores de gaming da linha Legion baseados nos mais recentes processadores da AMD
Lenovo tem novos computadores de gaming da linha Legion baseados nos mais recentes processadores da AMD
Ver artigo

O modelo Ryzen 5000 foi o mais bem-sucedido do catálogo da marca, uma vez que, apenas no seu primeiro trimestre de disponibilidade, o processador vendeu o dobro do último modelo mais popular.

Um dos problemas da linha de produção é a escassez de embalagens. A empresa sublinha que tem cerca de 1,4 mil milhões de dólares em produtos não comercializados, pelo que um fornecimento mais agilizado de caixas pode ajudar a gigante norte-americana a ultrapassar este problema.

Entre outubro e dezembro de 2020, a empresa gerou 3,24 mil milhões em receitas. O valor representa um aumento de 53% face ao período homólogo.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.