Após vários meses de expetativa, a AMD apresentou a sua nova linha de processadores Opteron para servidores, suportados em tecnologia de 32 nanómetros. Os novos Serie 6400, até agora conhecidos pelo nome de código Interlagos, ocupam lugar de destaque no leque de novidades apresentadas pela empresa. Permitem configurações entre os 4 e os 16 núcleos e dispõem de quatro canais de memória até 1600 MHz.



A AMD apresentou ainda a série Opteron 4200, mostrada como o processador x86 com menor consumo energético por núcleo de todo o mercado. Esta série está disponível em configurações de quatro e oito núcleos.



As novas linhas, suportadas na arquitetura Bulldozer, permitem ganhos de rendimento até 84 por cento e oferecem até 73 por cento mais memória, garantindo a possibilidade de alojar mais máquinas virtuais e gerir maiores volumes de trabalho. Mesmo assim, a AMD garante que a eficiência energética não fica comprometida e aponta uma redução energética associada a cada núcleo que vai até 56 por cento.



No primeiro trimestre do próximo ano a AMD conta voltar a atualizar as linhas Opteron, com o lançamento de um processador conhecido pelo nome de código Zurich. Este chip contará com configurações de 4 e 8 núcleos e está desenhado para serviços de alojamento ou serviços que exijam o fornecimento de servidores dedicados.




Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.