Com as eleições legislativas à porta a Associação Nacional para o Software Livre (ANSOL) decidiu obter explicações dos partidos políticos sobre as opções estratégicas relativas aos direitos dos utilizadores de software.

O escasso espaço dedicado pelos partidos políticos às questões relacionadas com a o software nos seus programas eleitorais tem sido alvo de debate por parte da comunidade de software livre e Gustavo Homem, Director técnico da ângulo sólido, tinha já publicado no blog da empresa uma análise a estes programas.

A ANSOL decidiu agora colocar 10 questões aos partidos políticos, tendo enviado as mesmas esta semana por correio tradicional registado e em correio electrónico.

"Os nossos governos têm sido algo letárgicos sobre os nossos direitos, pensam que não se deve ofender as empresas de software com posição dominante, mas não entendem que ofendem os direitos dos utilizadores de software", defende Rui Seabra, presidente da ANSOL.

Apesar dos apoios que têm sido dados a eventos e a iniciativas ligadas ao Software Livre, Rui Seabra afirma que estes "não compensam a sangria de dinheiros públicos em despesas evitáveis, ou a quantidade de interacções com a Administração Pública que exigem que o cidadão seja cliente da Microsoft", lembrando, por exemplo, que ainda está a decorrer um inquérito na Assembleia da República a um ajuste directo de quase 10 milhões de Euros em licenciamento Microsoft, que envolve três ministérios.

As questões relacionadas com a Sociedade da Informação vão também estar em debate com os partidos políticos na próxima semana, mais concretamente no dia 15 de Setembro, numa iniciativa da APDSI - Associação para a Promoção da Sociedade da Informação, que já organizou outros debates semelhantes em anos anteriores.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.