A experiência está integrada no Vegetable Production System, um programa que visa testar a produção de alimentos no espaço. A ideia ganhou forma depois de um astronauta da agência ter plantado e visto crescer com sucesso uma espécie de abobora.



Os cientistas decidiram explorar mais o tema e preparam-se agora para enviar kits com todos os elementos necessários para fazer crescer seis alfaces romanas. Os kits incluem iluminação LED cor-de-rosa que se espera recrie o ambiente necessário para fazer crescer as plantas em 28 dias.



Se a experiência for bem-sucedida as alfaces voltam à Terra para serem analisados os impactos do crescimento num ambiente sem gravidade. Os cientistas querem certificar-se que o produto está limpo e sem bactérias que possam ser nocivas para a saúde dos astronautas, como explica o Mashable num artigo sobre o tema.



A expectativa da NASA com o projeto é a de conseguir arranjar uma forma segura de cultivar vegetais no espaço. Se o conseguisse essa seria uma forma de reduzir os custos muito elevados de alimentação que envolvem cada missão, mas seria também uma forma terapêutica de ocupar o tempo que os cientistas passam fora da Terra.



As próximas experiências, após o teste da alface, estão já a ser equacionadas e podem passar pelo cultivo de rabanetes ou ervilhas.

Escrito ao abrigo do novo Acordo
Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.