O custo de fabricar e testar uma consola Xbox 360 é quase 40 por cento superior à sua comercialização no mercado, segundo cálculos da iSuppli. A empresa estima que o custo total de fabrico e teste de uma versão premium da nova máquina de jogos da Microsoft, estreada esta semana, é de 552,27 dólares, quando o preço na loja é de 399 dólares.



Só o processador da IBM que a consola integra tem um custo associado de 106 dólares, quando a unidade de processamento de gráficos da ATI Technologies, que gere o sistema de gráficos de alta definição, custa cerca de 141 dólares, incluída a memória DRAM da NEC.



A memória principal da Xbox 360, fornecida pela Samsung Electronics, supõe mais 65 dólares, enquanto o custo do processador SIS Southbridge adiciona à conta mais 12 dólares, diz a iSuppli. Outros custos incluem um DVD, acessórios, instruções, embalagem e testes.



As fabricantes de consolas têm vindo a subsidiar os custos de fabrico criando e vendendo os seus própios videojogos e cobrando taxas às empresas que fazem títulos para os seus sistemas.



Segundo as previsões da Microsoft, a nova consola deverá vender 5,5 milhões de unidades até finais de Junho. A XBox 360 estreou-se no passado dia 22 de Novembro, nos Estado Unidos, e entretanto já se registaram queixas quanto à existência de problemas de funcionamento em alguns sistemas (ver Notícias Relacionadas). A chegada à Europa está marcada para o próximo dia 3 de Dezembro.



Notícias Relacionadas:

2005-11-24 - Microsoft admite problemas isolados com a Xbox 360

2005-11-22 - Xbox 360 estreia-se nos Estados Unidos dias antes de chegar à Europa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.