A Microsoft está a pensar no futuro da realidade virtual através do projeto DreamWalker. Os investigadores do departamento de VR da empresa têm vindo a desenvolver uma tecnologia que permite ao utilizador estar imerso num ambiente virtual à sua escolha enquanto navega pelo mundo real.

Na base do projeto está a experiência VRoamer, a qual tinha como objetivo disponibilizar uma experiência VR mais segura em ambientes interiores. Já o DreamWalker promete transformar o mais rotineiro dos percursos numa viagem pelas paisagens de outro local no mundo, indica a gigante tecnológica numa publicação do blog do seu departamento de investigação. Para garantir a segurança, o projeto recorre a sensores que localizam obstáculos e calculam a distância a que se encontram.

O utilizador é guiado ao longo do seu percurso virtual por uma seta que apontará a rota mais segura a seguir, adaptando-se à sua localização geográfica real. Por exemplo, as barreiras reais podem ser “substituídas” por obstruções virtuais à semelhança de cortes nas vias de circulação ou, então, por eventos dinâmicos como carros a circular.

Para que o utilizador não apanhe “surpresas” desagradáveis que podem desorientá-lo, ou no pior dos cenários, pôr a sua vida em risco, o DreamWalker utiliza a Mise-Unseen. A tecnologia desenvolvida pela Microsoft acompanha o movimento dos olhos de quem a usa, gerando mudanças subtis no ambiente virtual em tempo real.

Para já, o mais recente projeto da Microsoft em realidade virtual ainda se encontra numa fase de desenvolvimento e não está disponível para o uso do público. No entanto, os fãs da tecnologia VR podem saciar a sua curiosidade ao consultar os pormenores do estudo que deu origem ao DreamWalker.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.