A presença de drones a voar o espaço aéreo de acesso aos aeroportos tem sido uma preocupação para os pilotos. Um Airbus 340 da TAP, que partiu de Maputo com destino a Lisboa cruzou-se com um drone enquanto sobrevoava a Segunda Circular, quando se preparava para aterrar, às 19 horas de segunda-feira, adianta a Lusa.

Também um avião da empresa France Soleil teve de alterar a sua rota de aproximação do aeroporto de Lisboa. O Boeing 737-800, com origem de Nantes, seguia atrás do avião da TAP e terá sido alertado para a presença do drone, tendo optado por alterar a rota antes de aterrar.

Apesar dos pequenos atrasos causados pelo incidente, em agosto houve duas ocorrências semelhantes, no aeroporto do Porto e em Lisboa, causando paralisações à infraestrutura por cerca de 40 minutos. Na primeira metade do ano ocorreram 16 incidentes relacionados com dispositivos aéreos não tripulados registados pela ANAC.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.