A Origin é uma empresa dedicada à construção e personalização de computadores gaming, e decidiu produzir a derradeira máquina de videojogos: uma torre com as principais consolas do mercado, nomeadamente a PS4, Xbox One e Switch. Trata-se de um modelo único e que não vai estar à venda, servindo como uma espécie de prenda “in house” para comemorar o décimo aniversário da empresa.

Mas não se pense que é apenas um caixote com as consolas engavetadas, é também um monstro de PC, com um processador topo de gama da Intel (i9-9900K), tem uma NVidia Titan RTX, 64 GB de RAM da Corsair, dois SSD de 2TB da Samsung e um disco de 14 TB da Segate, entre outros mimos de hardware que o “comum dos mortais” apenas consegue ver em catálogos. A dockstation da Switch foi encrustada no exterior da própria torre, para que seja fácil puxar do tablet e jogar em modo portátil.

De notar que a equipa teve de fazer transformações no chassis da torre para otimizar as próprias consolas, e melhorar a sua performance. Ambas a PS4 e a Xbox One receberam upgrades nos discos, um SSD de 2TB da Seagate e um sistema personalizado de arrefecimento líquido. Há um comutador Ethernet e portas individuais USB 3.0 para cada consola. A empresa garante melhores performances, tais como carregamentos mais rápidos para as versões digitais dos jogos. Pudera…

Veja todos os detalhes do Origin Big O no site oficial da empresa, mas não se entusiasme, pois não poderá tocar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.