Este sábado, 3 de dezembro, assinala-se o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência e a Electronic Arts aproveitou a ocasião para divulgar as suas novas patentes de acessibilidade para os jogadores. São seis novas patentes submetidas, à lista de tecnologia que a editora de FIFA e Apex Legends oferece para ajudar jogadores com limitações físicas de igualmente experienciarem os videojogos, num programa lançado em agosto de 2021 com o objetivo de reduzir as barreiras de acesso ao gaming.

Uma das patentes utiliza um sistema de machine learning para melhorar a experiência e desempenho do jogador. Este recomenda e aplica automaticamente configurações do comando com base no estilo, habilidade e tendências específicas de cada jogador. Assim, os jogadores com deficiências motoras podem descobrir novas configurações mais acessíveis, que melhor respondam às suas necessidades.

Outra tecnologia utiliza sequências de feedback háptico para comunicar com o jogador, seja durante as partidas com o conteúdo exibido no ecrã, como no uso de opções de menu, seleção de itens ou caracteres do jogo. A partir de comandos de voz e resposta por vibrações dos periféricos há oportunidades de expandir os periféricos a todos, incluindo o controlo das personagens.

Já utilizada em FIFA Mobile, outra patente oferece aos jogadores um joystick virtual, que se move com o polegar do jogador no ecrã tátil. A sua tecnologia permite continuar a usar esta almofada de controlo mesmo quando os seus dedos se afastam da posição inicial, quando afetados por problemas motores.

Electronic Arts disponibiliza patentes tecnológicas dos seus títulos em favor de maior acessibilidade nos videojogos
Electronic Arts disponibiliza patentes tecnológicas dos seus títulos em favor de maior acessibilidade nos videojogos
Ver artigo

Direcionado de jogadores com daltonismo, há também uma patente de um sistema que realiza um diagnóstico aos objetos do jogo para identificar automaticamente a sua condição de color-blind, ajustando as definições de cor para as condições do utilizador.

A EA disponibiliza ainda uma ferramenta open source, a Fonttik, que identifica automaticamente texto em conteúdos de vídeo e determina se este cumpre os critérios de relação entre o tamanho e contrastes, de forma a facilitar a leitura a jogadores com diferentes condições de visão.

Foi salientando que uma das suas primeiras patentes de acessibilidade foi o sistema de ping de Apex Legends, que permitiu aos jogadores comunicarem através de simples inputs de comando. Esta foi elogiada por reduzir a toxicidade da comunidade do jogo, tornando-o mais acessível a todos. A mudança de cores, brilho e contraste automática deram também origem a patentes registadas em prol dos jogadores poderem interagir mais facilmente com os jogos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.