Começou ontem a ser julgado nos Estados Unidos um homem que é acusado de roubar a comercializar dados de, pelo menos, 44 mil cartões de crédito. O suspeito nega as acusações que lhe são feitas.

Segundo a imprensa internacional, o homem, de nacionalidade holandesa, invadia computadores de terceiros, dos quais furtava os números de cartões de crédito que depois comercializava em vários sites.

A acusação afirma que os 44 mil cartões de crédito invocados em tribunal dizem respeito a apenas uma das vendas levadas a cabo por David Benjamim Schrooten, de 21 anos, mais conhecido como "Fortezza".

O suspeito foi "capturado" na Roménia, em novembro de 2011, e levado depois para os Estados Unidos para ser julgado por um tribunal federal, escreve a CNET, acrescentando que, segundo as autoridades, os 44 mil cartões de crédito são "apenas a ponta do iceberg" das atividades levadas a cabo pelo hacker.

David Benjamim Schrooten terá sido detido depois de um restaurante em Seatle (EUA) ter contactado a polícia alertando para as queixas de vários clientes, que suspeitavam de cobranças indevidas com recurso aos seus cartões de crédito. De acordo com a AP, alguns queixavam-se de lhes terem sido cobrados 70 a 80 dólares cerca de 10 minutos após usarem os cartões no restaurante.

As autoridades terão depois chegado até ao suspeito através de um cúmplice que vivia no país, Cristopher A. Schroebler, que terá sido responsável pela disseminação de malware para monitorização dos sistemas de dezenas de empresas. O jovem de 21 anos também foi detido em novembro e declarou-se culpado durante o julgamento que leve lugar o mês passado, mas o tribunal ainda não anunciou qual a pena que lhe será aplicada.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.