A gigante das redes sociais anunciou que adquiriu a CTRL-labs, uma startup americana especializada na área da neurotecnologia e na construção de software que permite ao utilizador controlar computadores através da sua mente.

A compra foi anunciada por Andrew Bosworth, vice-presidente das divisões de realidade aumentada e virtual da gigante tecnológica, numa publicação na sua página de Facebook. A CTRL-labs vai fazer parte do Facebook Reality Labs, o ramo da empresa que está a desenvolver óculos de realidade aumentada, assim como projetos em realidade virtual, avança a Bloomberg.

“Sabemos que existem formas mais naturais e intuitivas de interagir com dispositivos tecnológicos e nós queremos construi-las”, afirmou Bosworth no anúncio da compra, cujo valor se situa, tal como indica a Bloomberg, entre os 500 milhões e mil milhões de dólares.

Fundada por três neurocientistas da Columbia University, Estados Unidos, a CRTL-labs tem como projeto de base o Crtl-kit, um dispositivo em de forma de pulseira que monitoriza os impulsos neuronais e musculares do utilizador, traduzindo-os, através de algoritmos de inteligência artificial, para sinais digitais que são lidos por um computador.

Embora o negócio ainda não tenha sido fechado oficialmente, esta é apenas a mais recente estratégia do Facebook no que toca a projetos neurotecnológicos. Em 2017, a empresa anunciou que estava a desenvolver uma interface que permitiriam ao utilizador escrever usando apenas o poder da sua mente. Para já, esta tecnologia ainda está numa fase experimental, tal como indicou a empresa em julho deste ano, no entanto, se esta se tornar uma realidade, poderá fazer com que os utilizadores da rede social consigam fazer publicações ou enviar mensagens sem precisar de se mexer.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.