Um aparente erro de programação durante a preparação da última atualização ao Mac OS X terá levado a que o software fosse disponibilizado com uma falha que pode fazer com que a palavra-passe de autenticação do utilizador no sistema (login) seja registada em texto não codificado, avança a CNET.

O alerta foi dado por um investigador na área da segurança, que explica que a falha em causa terá sido assinalada por um programador da Apple, durante a preparação da atualização para o Mac OS X 10.7.3, que depois se terá esquecido de a corrigir.

De acordo com David Emery, a vulnerabilidade afeta apenas os utilizadores do sistema de encriptação FileVault e desencadeia o registo automático, sob a forma de texto legível, da palavra-passe com o que utilizador se autentica perante o sistema quando liga o computador.

Este texto contendo as palavras-passe fica acessível por quem tenha privilégios de administrador do sistema ou por qualquer pessoa que se ligue à máquina via FireWire, acrescenta a mesma fonte.

Segundo o site especializado, a Apple não terá ainda disponibilizado uma correção para o problema e também não quis comentar a situação.

Note-se, porém, que a vulnerabilidade não afeta quem tenha comprado um Mac com o novo Lion OS instalado, ou tenha formatado o computador e instalado a última versão do sistema operativo de origem. Apresenta-se como um problema apenas para aqueles que fizeram a atualização do Snow Leopard para o Lion mantendo as mesmas configurações no FileVault.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.