Os utilizadores das ferramentas de produtividade online da Google, que escolham tornar públicos os seus ficheiros produzidos ou armazenados no serviço, vão começar a vê-los indexados nos resultados de pesquisas na Internet. O anúncio foi feito na passada quinta-feira, 17 de Setembro, numa mensagem publicada no blog do serviço.

Os documentos que os autores escolham "publicar como página web" ou "publicar/embebebido" passam a ser indexados e apresentados nos resultados de quaisquer pesquisas na web - efectuadas no Google ou noutros motores de busca.

As alterações deverão acontecer dentro de duas semanas, avisam os responsáveis no blog Google Docs. O serviço alerta para o facto de só serem apresentados documentos cuja ligação seja feita a partir de uma página de acesso público.

A indexação também não será feita quando o documento tiver sido configurado apenas para "permitir a visualização a qualquer pessoa que tenha o link" - que permite o acesso ao ficheiro a quem tenha o endereço para o mesmo, sem necessidade de inserir quaisquer dados de conta.

Os utilizadores que não quiserem ver os seus documentos nos resultados das pesquisas, podem alterar as permissões dos ficheiros, acedendo à secção "partilhar" e escolhendo "parar publicação".

O blog promete mais informações para breve, e uma mensagem de "Ajuda" a partir daquele endereço.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.