Foi esta quinta-feira assinado o protocolo que traz para Portugal o Micro-Enterprise Acceleration Program (MAP), uma iniciativa de formação destinada especificamente a microempresários que pretende mostrar os benefícios das tecnologias aplicadas ao negócio.

Desenvolvido pelo Micro-Enterprise Acceleration Institute (MEA-I), o programa em Portugal traduz-se na criação de sete centros de formação, geridos pela FDTI, em parceria com a HP. Nestes centros, o objectivo é que os empreendedores possam aprender a utilizar as diferentes ferramentas tecnológicas em benefício das suas empresas.

Ao mesmo tempo, o programa pretende proporcionar aos microempresários a oportunidade de avaliarem as suas necessidades de formação adicional e investimento em tecnologia.

O curso terá turmas de 10 a 15 "alunos" e inclui cinco módulos temáticos - Ferramentas de Gestão e Operações, Ferramentas Financeiras, Ferramentas de comunicação, Ferramentas de Marketing, Gestão de Tecnologia - com diferentes tópicos empresariais. Cada tópico apresenta ferramentas que podem ajudar a lidar com um desafio empresarial diferente.

Aveiro, Beja, Braga, Castelo Branco, Leiria, Lisboa e Setúbal são as cidades que acolhem os centros MAP em Portugal. Até ao momento existem 50 Centros MAP em 18 países da Europa, Médio Oriente e África, que no total já formaram cerca de 100 mil empreendedores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.