Bernd Bischoff, presidente e CEO da Fujitsu Siemens, alertou na CeBIT para as nefastas consequências que poderá vir a ter a exigência de uma taxa de 48 euros sobre todos os PC vendidos na Alemanha, apresentada por diversas organizações de defesa dos direitos de autor. Este executivo da empresa sino-alemã disse que tal taxa viria tornar menos competitivos os PC vendidos no país, levando os utilizadores a comprarem-nos nos países vizinhos da União Europeia.



Uma taxa de 48 euros sobre um PC de secretária normal significa hoje um agravamento entre 10 a 15% do seu preço, pelo que compensará, para grande número de compradores, pagar os custos de envio da Holanda ou da Polónia, por exemplo.

Bernd Bischoff apelou ao bom-senso - até para não onerar aqueles utilizadores que nunca (ou só esporadicamente) fazem cópias de conteúdos protegidos por direitos de autor - e defendeu a ideia de que a defesa destes será muito mais justa e eficaz se os produtores e distribuidores de conteúdos passarem a usar as ferramentas de Digital Rights Management já disponíveis.

A Fujitsu Siemens apresentou na CeBIT deste ano uma das suas novidades em computadores portáteis: o Lifebook Q2010, cuja placa principal foi desenvolvida na Europa em cooperação com a Intel para a inclusão de componentes que permitam o acesso a redes de telecomunicações móveis de terceira geração (UMTS).




O Q2010 é, assim, um notebook com recursos acrescidos de conectividade, pois o acesso a redes de 3G vem somar-se ao acesso a serviços de voz sobre IP (VoIP) e às ligações por Bluetooth e Wi-Fi.

O novo portátil da Fujitsu Siemens tem um ecrã de 12,1 polegadas, traz um processador Centrino de última geração (capaz de fazer a bateria durar 8 horas) mas faz-se pagar das inovações, pois o preço será a partir dos 4 mil euros.

Rui Jorge Cruz em Hanover (Alemanha)

Notícias Relacionadas:

2006-03-10 - Novo formato de PC ultraportátil desvenda mistério do Origami

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.