O investimento vai ser aplicado na expansão do centro de dados da gigante da Internet na Bélgica e será uma forma de assegurar capacidade de resposta à crescente procura de serviços online, explicou a Google.

O centro de dados da Google na Bélgica emprega neste momento 120 colaboradores e é uma das três plataformas do género da empresa norte-americana na Europa. A Google mantém outros centros de dados na Irlanda e na Finlândia.



Os centros de dados europeus da Google integraram a reportagem fotográfica que a imagem publicou no final do ano passado com o tema Onde vive a Internet, uma iniciativa que teve como objetivo mostrar aos utilizadores que tipo de infraestrutura aloja os dados geridos pela empresa e dá apoio às pesquisas realizadas pelos utilizadores através do motor de busca da marca.



"Há 14 anos, quando a Google era um projeto de pesquisa académico, Larry e Sergey alimentavam o seu novo motor de pesquisa usando alguns servidores baratos, empilhados de forma criativa", referia uma entrada no blog da Google na altura de publicação das imagens.



"Crescemos um pouco desde essa altura e esperamos que aprecie este breve olhar sobre o que construímos", acrescentava o mesmo texto.



Pode rever a visita aos centros de dados da Google aqui.



Em 2011 a Google também abriu na Europa de um centro de inovação. A estrutura, localizada em Londres, inclui oficinas de formação e desenvolvimento de produtos e está preparada para interagir com pequenas e médias empresas e parceiros da empresa na região.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.