O lançamento do novo Surface Pro 5 acontecerá apenas na primavera de 2017 devido a uma possível espera por parte da Microsoft pelos novos processadores Kaby Lake, que a Intel conta ter prontos para instalação no final deste ano, segundo informações avançadas pelo site Mobipicker.com.     

Ainda de acordo com o mesmo site, é a anunciada capacidade desta 7ª geração de CPUs da Intel para “duplicar a eficiência” do Surface que está a motivar o atraso, bem como a possibilidade de a gigante de Redmond desejar lançar a nova versão do seu “híbrido” apenas quando o Windows 10 já tiver recebido o Redstone 2. Este é o primeiro grande conjunto de novas funcionalidades a acrescentar ao sistema operativo.

Quanto à possível lista de especificações do Surface Pro 5, vários rumores deixam antever que as atenções recairão nas melhorias na autonomia e no ecrã, que pode vir a apresentar resoluções 4k (com unidades 2k em opção).

Outras características podem vir a ser uma porta USB Type-C, até 16 GB de memória RAM, capacidades de armazenamento que podem ir até aos 500 GB e leitor de impressões digitais integrado. Fala-se ainda de uma nova Surface Pen e da eventual presença de unidades gráficas Nvidia Pascal ou AMD Polaris.

Segundo o site CNET, as diferentes configurações do Surface Pro 5 podem vir a custar entre 899 e 1.599 dólares, numa altura em que a quarta versão tem apenas meses de mercado.

Estas são informações baseadas apenas em expectativas, sendo que nenhuma delas está efetivamente confirmada e não existindo ainda datas oficiais anunciadas. Espera-se que a chegada do equipamento a Portugal ocorra juntamente com o lançamento noutros mercados de maior expressão. Enquanto isso, valerá a pena espreitar no YouTube o vídeo de um possível protótipo da nova versão do “híbrido” da Microsoft.   

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.