As soluções de Managed Print Services têm sido reservadas às grande e médias empresas, mas a HP está agora a alargar o âmbito destes serviços às Pequenas e Médias Empresas com mais de 15 empregados e uma dimensão de impressão a partir de mil páginas por mês.

O serviço QuickPage que a empresa acaba de anunciar em Portugal tem contornos semelhantes a um contrato de telecomunicações, incluindo no mesmo "pacote" a impressora, consumíveis e serviços de manutenção por um preço fixo a partir de 30 euros por mês.

José Correia, director geral da área de negócio Imaging & Printing da HP Portugal explica que o lançamento deste serviço era uma extensão natural da oferta que a HP já tem de Managed Print Services para grandes e médias empresas e que vem preencher uma lacuna no mercado. "As PMEs precisam de ter maior previsibilidade dos custos e libertarem-se de alguns processos administrativos de gestão da impressão", justifica.

As tendências de evolução do mercado, com o crescimento da informação digital e os novos hábitos de leitura estão na base da estratégia da HP que tem vindo a repensar os modelos de negócio na área de impressão, procurando facilitar todos os processos.

"Cerca de 100 mil lasers são vendidas por ano, essencialmente em modelo transaccional, mas isso está a mudar", adianta este responsável.

A HP detém actualmente 52% de quota de mercado de impressão em Portugal, que segundo os números da IDC envolveu a venda de 417 mil equipamentos em 2010, 100 mil dos quais lasers.

O novo serviço QuickPage só chegou no início deste ano aos principais países europeus e Portugal está entre os percursores na sua adopção. Estando neste momento a formar e certificar a rede de parceiros especializados em impressão para começarem a comercializar este serviço.

Embora todo o processo seja gerido através do parceiro, a HP mantém-se como parte fulcral na gestão do contrato, que assume, e na componente de fornecimento de equipamento e consumíveis, assim como parceiro de financiamento.

Os clientes têm ainda acesso a um Portal onde podem consultar toda a informação sobre o contrato e a evolução do número de impressões, e que permite também colocar ordens de compra de forma mais fácil.

O custo mensal a pagar por cada empresa varia em função do seu volume de impressão e número de equipamentos utilizados, mas Nuno Assorda, Channel Manager, admite que é relativamente fácil conseguir logo no primeiro ano uma redução de custos de 20 a 30% através da optimização da impressão.

O preço base para um perfil a partir de mil impressões por mês é de 30 euros mas os contratos podem ser definidos por módulos, acompanhando o crescimento da empresa e a evolução das suas necessidades de impressão.

A HP já conta com 4 parceiros certificados para comercializar este serviço, um número que subirá para os 12 em Maio e deverá atingir os 60 a 70 parceiros até final do ano.

Quanto às expectativas de número de contratos com empresas a HP aponta para as 5 ou 6 dezenas até final de 2011, assumindo porém que este pode ser um número conservador mas que está também de acordo com a novidade do serviço e com o facto da estrutura de parceiros estar ainda a ser montada.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.