A International Business Machines, a Toshiba e a Sony deram a saber que renovaram a parceria que as unia desde o ano 2000 e da qual resultou o Cell, o microprocessador que servirá de peça central nas futuras consolas de jogos PlayStation 3, da gigante japonesa da electrónica de consumo Sony.



Sem revelar pormenores sobre os termos em que assenta a nova relação, as empresas adiantam, num comunicado conjunto, que pretendem desenvolver um nova tecnologia de processamento para uma variedade de aplicações de electrónica de consumo como televisões, equipamentos áudio e consolas de jogos.



A parceria entre a IBM, a Toshiba e a Sony irá agora centrar-se no desenvolvimento de uma nova geração de chips com tecnologia de 32 nanómetros, mais rápida que a de 90 e 65 nanómetros usada na tecnologia Cell actual, indicam no mesmo comunicado.



As três empresas investiram cerca de 400 milhões de dólares na primeira fase desta parceria, que começou em 2000 e da qual resultou o Cell, um processador de alta potência para consolas de jogos. A parceria está agora à procura de outras aplicações gráficas para a sua tecnologia, nomeadamente nos scanners de imagem de ressonâncias magnéticas que se utilizam em medicina e nos sistemas de mísseis e sonares militares.


Notícias Relacionadas:

2005-08-26 - IBM, Sony e Toshiba potenciam maior utilização de processador Cell

2004-11-29 - Novo processador para electrónica de consumo detalhado no 1º trimestre de 2005

2003-04-22 - Sony aposta em processador Cell para a nova PlayStation 3

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.