Engrossando a lista de iniciativas que pretendem produzir computadores portáteis de baixo custo destinados aos mercados emergentes, o Instituto de Tecnologia Informática chinês (ICT) acaba de anunciar que desenvolveu o primeiro portátil com um custo que rondará os 100 dólares.

A produção deverá ser iniciada em Junho, concorrendo directamente com outras iniciativas semelhantes que pretendem colocar no mercado mais de um milhão de equipamentos até final do próximo ano.

O Longmeng, também designado pelo sonho do dragão, integra um processador chinês, o Godson II, cujo desempenho os responsáveis do ICT garantem ser equivalente ao do Pentium III para desktop, dizem as agências de notícias chinesas. O portátil pesa menos de meio quilo e tem o tamanho de um livro, sendo equipado com um leitor de DVD.

Entre os concorrentes conta-se a iniciativa "Um portátil por criança" desenvolvida por Negroponte e apadrinhada pela ONU, mas também o projecto ontem anunciado pela Intel que pretende desenvolver portáteis com a sua tecnologia a preços abaixo dos 300 dólares.

Notícias Relacionadas:

2006-03-14 - Modelo de comercialização de PCs de baixo custo da Intel contemplará pay-per-use


2006-01-26 - Nações Unidas vão cooperar no projecto One Laptop per Child
2005-10-01 - MIT promete computador de 100 dólares para Novembro

2005-04-05 - Negroponte coordena projecto que prevê distribuição de laptops a 100 dólares

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.