Foi ainda na semana passada que a Intel anunciou os seus novos processadores de baixa voltagem para notebooks da gama Pentium M e Celeron M. Ao todo são quatro novos chips destinados a portáteis com menos de 1,3Kg, categoria na qual se incluem os mini-notebooks, sub-notebooks e tablet PC.



Os novos processadores são fabricados segundo o processo de 90 nanómetros e fazem parte da gama Centrino, sendo conjugados com os chipsets Intel 855 e a família de interface de rede Intel PRO/Wireless.



De acordo com o comunicado à imprensa, os novos processadores Intel Pentium M Low Voltage 738 e Ultra-Low Voltage 733 e 723 possuem melhorias na arquitectura, onde se incluem 2MB de cache de Nível 2 (L2), um bus de sistema optimizado para baixos consumos e um gestor de acesso de registos para mais rápida execução de comandos em modo de baixo consumo. Integram ainda a tecnologia Enhanced SpeedStep, que permite a optimização do desempenho das aplicações e do consumo energético para garantir uma maior autonomia.



Tal como outros processadores da família Celeron, o Celeron M Ultra-Low Voltage 353, aposta no equilíbrio entre o desempenho e o preço. Igualmente compatível com o chipset 855 e Intel 852GM, o novo Celeron M tem uma velocidade de relógio de 900 Mhz e 512 K de memória cache L2.

Notícias Relacionadas:

2004-05-10 - Intel renova processadores Pentium M com melhor desempenho

2004-04-07 - Intel alarga oferta de processadores para PCs portáteis apostando no segmento de baixo valor

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.