Desde meados do ano passado que a Mainroad mantém uma parceria com a Fujitsu para entregar o portofólio de serviços cloud da fabricante no mercado português. No início do ano reforçou a aposta na nuvem com uma nova oferta baseada no CA Nimsoft Monitor, uma solução de monitorização de infraestruturas TI que entrou na empresa para "consumo próprio" e acabou por se transformar numa oferta comercial.




Em maio a Mainroad volta a estender o menu de soluções disponibilizadas como serviço com uma solução de IT Service Management (ITSM), igualmente baseada na tecnologia da empresa norte americana, revelou ao TeK João Fazendeiro senior manager da tecnológica.




Na área do Management Mobile - gestão de dispositivos móveis - a empresa portuguesa do grupo Sonaecom está equacionar novos serviços, suportados no mesmo modelo. O objetivo é apurar a capacidade de monitorização e gestão dos dispositivos móveis ligados a uma rede empresarial, permitindo ir além das políticas de ligação e entrando na gestão da informação, adiantou também o responsável.




As novas apostas, onde o ITSM on demand ocupa lugar de destaque, são estratégicas no processo de internacionalização da empresa, que teve início em Espanha em 2009 (e que passa já também por Angola, com a Sonaecom Sistemas de Informação), mas pretende chegar a mais mercados.




À data a Mainroad mantém quatro pessoas em Espanha e 25 clientes. O negócio internacional representa cerca de 10%, um peso que a tecnológica pretende aumentar e para isso está a olhar para África e para o Médio Oriente, detalhou o senior manager, revelando ainda que a empresa está também neste momento a desenvolver um projeto importante na Turquia, com a Turkcell.




A Mainroad é uma das empresas portuguesas presentes no CA World 2013 - o evento anual da fabricante que decorre esta semana em Las Vegas - sendo hoje um dos principais parceiros da tecnológica norte-americana na Europa para a área de Service Management, com 23 consultores formados e certificados nas tecnologias CA. A ligação à fabricante foi mesmo um facilitador para ganhar terreno no mercado espanhol, onde a empresa mantém um projeto no Ministério da Defesa para 90 mil utilizadores.



Os últimos dados disponibilizados indicam que a Mainroad tem uma base de cerca de 150 clientes, com projetos realizados em quatro continentes. A cloud começou a ser trabalhada pela empresa em 2011 com uma oferta de Infrastruture as a Service. Na área de Service Management a Mainroad já disponibiliza

Cristina A. Ferreira

Escrito ao abrigo do novo Acordo
Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.