A Mozilla vai abrir a sua loja de aplicações baseadas em HTML5 aos programadores já na próxima semana, anunciou ontem a imprensa internacional especializada. A organização espera abrir a plataforma aos utilizadores no final deste ano, acrescenta-se.

A fundação, responsável por produtos como o Firefox, vai aproveitar a feira mundial das telecomunicações móveis que começa na segunda-feira, em Barcelona, para começar a aceitar as soluções desenvolvidas para a muito antecipada Mozilla Marketplace.

O projeto, anunciado em outubro de 2010, pretende criar uma loja de aplicações compatíveis com múltiplos dispositivos e sistemas operativos, apostando para isso nas tecnologias Web, como o HTML5.

Desta forma, assegura que todos os dispositivos (sejam eles smartphones, tablets ou computadores) que suportem as novas tecnologias Web serão compatíveis com as soluções que se propõe distribuir.

A ideia passa também por criar um novo sistema de identificação que faça com que as aplicações fiquem associadas ao utilizador a quem pertencem e não a um dispositivo em particular.

Outra das prioridades é fornecer novas ferramentas para que os programadores possam vender as suas aplicações, explicou o diretor de produto da Mozilla, numa apresentação das iniciativas previstas para 2012.

Ragavan Srinivasan defende que os programadores se deparam atualmente com um ecossistema que lhes cria muitos entraves e obriga a um grande investimento em desenvolvimento, manutenção, distribuição e marketing em aplicações dedicadas a cada uma das diferentes plataformas no mercado. Isto faz com que se perca o contacto com os utilizadores, com que as atualizações aconteçam com menos frequência e provoca a fragmentação da base de clientes, acredita o responsável.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.