No dia em que se comemora “O grande salto para a humanidade”, ou seja, os primeiros passos na Lua, a 20 de julho 1969, a NASA vai transmitir em direto uma sessão de briefing de uma missão focada em enviar uma sonda espacial em direção ao Sol. A partir do Centro Espacial Kennedy da NASA, na Flórida, a agência espacial vai detalhar os aspetos da missão que está programada para o dia 6 de agosto.

A NASA explica que a missão tem sido adiada por ser necessário tempo adicional para rever a configuração de um cabo na área de carga. Houve também necessidade de reparar uma fuga de um tubo ligado ao motor do foguetão, descoberto na última vistoria do satélite. O satélite será lançado do Cabo Canaveral no foguetão Delta IV.

Segundo a agência espacial, o Parker Solar Probe irá revolucionar a forma de compreender o Sol. A nave com o satélite vai voar mais perto da superfície da estrela, do que qualquer outra, e irá enfrentar o seu calor e radiação. A NASA refere ainda que será a primeira vez que uma nave é apontada diretamente até à “corona” do Sol, que é a parte da atmosfera solar visível durante um eclipse.

Esta missão vai tentar responder a questões levantadas sobre a física solar que têm sido colocadas pelos cientistas há mais de 60 anos. As informações recolhidas da missão poderão ajudar a melhorar a compreensão de como o Sol altera o ambiente espacial, como a meteorologia no espaço afeta os astronautas, assim como interfere com a órbita dos satélites e componentes eletrónicos.

O briefing tem início esta sexta-feira às 18 horas de Lisboa e poderá assistir em direto no site da NASA ou no seu Facebook.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.