Lançada em março de 2017, a Nintendo Switch vendeu 14,85 milhões até ao final do ano passado, ao passo que a consola antecessora, a Wii U, vendeu apenas 13,56 milhões de unidades, no espaço de cinco anos.

Cedo se percebeu que a consola ia superar as expectativas da empresa japonesa ao bater recordes de vendas logo nas primeiras 48 horas, tendo conseguido na altura do Natal o seu maior volume de vendas, alcançando 7.23 milhões de unidades vendas (quase o dobro do número total).

Nintendo já vendeu mais de 10 milhões de Switch desde o primeiro dia
Nintendo já vendeu mais de 10 milhões de Switch desde o primeiro dia
Ver artigo

Na sequência dos números apresentados através dos resultados financeiros da companhia, as previsões da empresa para o final do ano fiscal, a acontecer em março, sofreram alterações. As perspectivas de lucro operacional no ano passado eram de 120 mil milhões de yen, mas agora o valor subiu para 160 mil milhões de yen (cerca de 1,18 mil milhões de euros).

As receitas esperadas são no valor de 1,02 mil milhões de yen (à volta de 7,53 mil milhões de euros).

"As vendas da Switch durante o período natalício no Japão, EUA e Europa foram melhores do que o esperado," disse Tatsumi Kimishima, presidente da Nintendo, citado pela BBC.

Tudo indica que há novidades a caminho, com o lançamento em setembro de um serviço online pago, o Nintendo Switch Online, mas não há ainda confirmação de muitos detalhes sobre a assinatura que dará acesso a opções multijogadores online e a uma app para dispositivos móveis que se liga à Switch para permitir participar em sessões de jogos online com amigos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.