A realidade virtual tem sido dominada pela Oculus Rift do Facebook, pela Samsung e os seus Gear VR e também pelos ainda não lançado Project Morpheus da Sony. A HTC também quis dizer uma palavra neste mercado, assim como a Google. E o resultado final é um mercado já fortemente fragmentado e que ainda nem arrancou com toda a sua força.

O projeto OSVR quer ajudar a criar uma maior unificação no mercado. Depois de ter sido anunciado no início do ano pela Razer - empresa que está a liderar este esforço open source -, foi recentemente anunciado que um novo kit de desenvolvimento será disponibilizado em outubro.

A versão 1.3 dos óculos de realidade virtual vai ficar disponível para pré-reserva em outubro, havendo a registar uma melhoria nas lentes. O Engadget fala também num vasto conjunto de melhorias ao nível de software, que ajudará a criar um melhor desempenho gráfico no ecossistema.

O novo hardware vai custar 299 dólares, cerca de 265 euros, e vai chegar aos programadores ainda em outubro.

Atualmente o projeto em código aberto OSVR conta ainda com o apoio da Intel, da Leap Motion, da Ubisoft e da Gearbox.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.