A equipa responsável pela segurança dos sistemas informáticos dos Jogos Olímpicos de Inverno confirmou este fim-de-semana que os computadores da organização foram alvo de um ataque cibernético durante o evento de abertura da competição. A equipa confirmou que o ataque comprometeu alguns serviços, como foi o caso da transmissão online e televisiva, no momento em que os atletas desfilavam no Estádio Olímpico de PyeongChang.

Segundo um porta-voz da organização, todos os problemas identificados foram resolvidos no próprio dia da cerimónia (9 de fevereiro, sexta-feira). De acordo com o mesmo, a fonte do ataque foi identificada, mas não vai ser revelada publicamente por decisão do Comité Olímpico Internacional.

Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 vão ter mais do que desportistas à prova
Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 vão ter mais do que desportistas à prova
Ver artigo

A imprensa internacional sublinha que é "tentador apontar o dedo à Rússia", uma vez que a participação do país foi proibida nesta edição das olimpíadas por culpa dos recentes escândalos de doping em que algumas das suas seleções estiveram envolvidas. Em adição, no passado mês de janeiro, várias empresas especialistas no sector da cibersegurança encontraram provas que sustentavam um possível ataque informático da Rússia como forma de retaliação.

Ainda antes do início da competição, o executivo russo negou quaisquer acusações que viessem a ser feitas neste domínio. "Nós sabemos que a imprensa ocidental está a planear conduzir pseudo-investigações sobre uma possível "mão russa" nos ataques informáticos que possam atingir a organização dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros, Sergey Lavrov. "Como é óbvio, nenhuma prova física será apresentada ao mundo".

Recorde-se que a Coreia do Norte, que tem estado ligada a vários ataques informáticos recentes, está a participar em algumas modalidades dos Jogos em conjunto com a Coreia do Sul, pelo que qualquer envolvimento neste caso seria contraproducente para com aquilo que parece ser uma amenização das tensões que pautavam a sua relação com o país.

Os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 terminam no próximo dia 25 de fevereiro e as equipas de cibersegurança já asseguraram que a proteção dos sistemas foi reforçada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.